Saiba mais sobre Soft Skills e sua importância em uma Software House
OKRs - Significado, importância e como realizar sua implementação
OKRs – Significado, importância e como realizar sua implementação!
17/11/2021
Entenda o que é a macroestratégia, qual sua missão, visão e valor!
Macroestratégia: missão, visão e valor!
24/11/2021

Saiba mais sobre Soft Skills e sua importância em uma Software House

Confira tudo sobre Soft Skills!

Você sabe o que são soft skills? Saiba tudo sobre essas habilidades super relevantes para sua Software House.

Tempo de Leitura: 4 minutos

 

A relevância das soft skills vêm sendo mais notadas conforme o mercado evolui. O mercado está em constante mudança e, cada vez mais, as habilidades técnicas, conhecidas também como hard skills, são insuficientes para tudo o que é requerido do profissional. É preciso ter “jogo de cintura” para diversas situações, indo muito além da habilidade com ferramentas e metodologias, por exemplo.

É aí que entram as soft skills. Soft skills é um termo em inglês que tem se popularizado no Brasil e que remete às competências não-técnicas, ou seja, habilidades emocionais do profissional.

São habilidades fundamentais para que os profissionais de sua Software House entreguem mais valor, não apenas melhorando o desempenho de sua empresa, mas também tornando o clima organizacional melhor e trazendo mais qualidade para a experiência do próprio profissional na empresa.

Neste artigo, você entenderá melhor esse conceito e o motivo pelo qual se tornou indispensável para quem trabalha com tecnologia. Confira!

 O que são Soft Skills?

As soft skills são competências emocionais, que envolvem inteligência emocional, relacionamento interpessoal, solução de problemas, e diversas outras habilidades fundamentais para o bom desempenho no trabalho e que não se incluem entre as habilidades técnicas.

A tradução mais próxima para o termo “soft skill” seria inteligência emocional, pois esse conceito é muito ligado a habilidades pessoais e relativas à personalidade. Por essa razão as soft skills são tão importantes: elas podem levar anos e diversos tipos de experiências para serem desenvolvidas. Diferentemente da hard skills, as soft skills não podem ser rapidamente aprendidas em um curso – ainda que haja treinamentos que agilizem o processo.

 Soft skills sempre estiveram em alta?

As soft skills nem sempre estiveram em alta. Por muito tempo, as hard skills eram o principal ponto para a contratação na área de tecnologia. Ainda hoje, as habilidades técnicas são muito importantes, pois não é possível trabalhar com tecnologia sem saber utilizar determinadas ferramentas. Mas as soft skills se tornaram tão notórias, que existe até um ditado que diz que as pessoas são contratadas pelas hard skills, e demitidas pelas soft skills.

Isso porque as habilidades técnicas são necessárias para a execução de determinados trabalhos, mas é impossível seguir um projeto ou trabalho com quem não tem soft skills. Se você ainda tem dúvidas sobre esse conceito, veja alguns exemplos de soft skills abaixo, os quais são indispensáveis para o profissional de sua Software House.

Comunicação Eficaz

Saber se comunicar de forma eficaz é uma soft skill muito importante e que pode poupar muito tempo. É preciso saber não apenas ouvir, mas também se comunicar de forma clara, transmitindo as informações necessárias e alinhando as ações diárias. 

Versatilidade e adaptabilidade

Nunca se experienciou tantas mudanças de forma tão rápida. Por isso, uma soft skill importante é a versatilidade e a capacidade de se adaptar a diferentes contextos, situações e mudanças.

Bom trabalho em equipe e relacionamento interpessoal

Saber trabalhar em sinergia com a equipe e desenvolver atividades e projetos com outras pessoas é uma das soft skills mais importantes para o profissional de sua Software House.

Soft skills mais demandadas

As soft skills desejadas de um profissional podem ser enumeradas na descrição das exigências do cargo em um processo de recrutamento e seleção. Em geral, as empresas descrevem de duas a três soft skills que estejam alinhadas tanto ao cargo quanto às diretrizes da empresa.Dentre essas soft skills enumeradas, as mais demandadas são trabalhar bem em grupo, ter uma boa comunicação e senso de liderança ativa.

Diferenças entre soft skills e hard skills em TI

Como citado anteriormente, as hard skills são as habilidades técnicas. Isso significa que são as habilidades com determinado software, a capacidade de programar em determinada linguagem, ou qualquer outro tipo de capacidade técnica que, geralmente, é aprendida em um curso ou graduação.

Diferentemente da hard skills, as soft skills são habilidades emocionais, comportamentais e de personalidade. É aquilo que se aprende ou pela experiência, ou por ser a própria personalidade da pessoa. 

Inteligência emocional, capacidade de resolução de problemas e relacionamento interpessoal são alguns exemplos de soft skills.

Como desenvolver soft skills no mercado de TI

As soft skills podem levar anos para serem desenvolvidas. Entretanto, os profissionais podem acelerar esse processo por meio de alguns métodos. No mercado de TI, o desenvolvimento de soft skills é indispensável para melhorar o desempenho tanto para a Software House quanto para o próprio profissional.

A busca por desenvolvimento pessoal está cada vez mais intensa. Para o profissional de TI, o desenvolvimento de soft skills deve começar pelo autoconhecimento. Deve-se perguntar quais são as habilidades em que se está bem e quais são as que ainda precisam ser aperfeiçoadas.

A partir disso, há capacitações e profissionais competentes que podem direcionar para a aprendizagem mais rápida de soft skills. Apesar de essas habilidades dependerem muito da experiência em si, é possível buscar pessoas que guiem pelo caminho mais rápido e que dê uma nova perspectiva para os problemas ou situações.

Para o profissional do mercado de TI, o desenvolvimento de soft skills permite um maior desenvolvimento pessoal, permite crescimento na carreira e aumenta a produtividade e os resultados. Da mesma forma, para as Software Houses, incentivar seus profissionais a desenvolverem soft skills melhora o clima organizacional, traz melhores resultados e maior produtividade.

Se você procura um canal para interagir com outros profissionais e até recrutadores de Software Houses, conheça a casa do desenvolvedor

Lá você encontra várias oportunidades para aperfeiçoar as suas habilidades, são cursos 100% gratuitos e você ainda pode participar de workshops e eventos criados especialmente para desenvolvedores, gestores e empresários de software!

Conclusão

O conceito de soft skills tem se popularizado por sua importância em diversas áreas. Comumente traduzido como inteligência emocional, essas habilidades são indispensáveis para o crescimento de Software Houses de forma sustentável e com um clima organizacional mais saudável.

Mesmo quem não está familiarizado com o termo já entende a necessidade dessas habilidades, tendo se tornado um pré-requisito para diversos cargos em Software Houses. É preciso incentivar os profissionais de TI a buscarem esse desenvolvimento pessoal, pois é uma evolução em que todos saem ganhando. 



Maristela Mendes
Maristela Mendes
Estagiária de Marketing da Casa do Desenvolvedor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.