10 ideias de conteúdo para as redes sociais da sua Software House

10 ideias de conteúdo para as redes sociais da sua Software House

Homem sentado gravando um vídeo com sua câmera num tripé.
 

Está sem ideias de conteúdo para postar nas redes sociais da sua Software House? Preparamos um compilado para você se inspirar!

 

Tempo de Leitura: 7 minutos

Estar presente nas redes sociais é essencial para qualquer negócio que esteja vivendo o ano de 2022. Mas sejamos sinceros: é um trabalho árduo ter ideias de conteúdo o tempo todo, né? 😅 

Para te auxiliar nessa missão, separamos neste post 10 ideias para as 4 maiores redes sociais do momento: Instagram, TikTok (e sem ter que dançar, viu? 💃), LinkedIn e YouTube! 

Bora lá! 

Conheça a Casa do Desenvolvedor

A rede social (sem ser a do filme)

Brincadeiras à parte, é importante que saibamos que cada uma dessas redes sociais funcionam de uma forma diferente. Os tipos de conteúdo diferem, os posicionamentos e linguagens utilizadas, o comportamento do usuário, tudo é diferente! 

Portanto, na hora de reunir ideias de conteúdos, é importante considerar o que funcionará melhor em cada plataforma. Por exemplo: um textão de 800 caracteres no LinkedIn pode ser um sucesso! Mas nem sempre funcionará na legenda de um post no Instagram.

Um segundo aspecto relevante para planejar seus conteúdos nas redes sociais é considerar que seu objetivo sempre deve ser ENGAJAR, mas nunca ENGAJAR A QUALQUER CUSTO. Portanto, tome cuidado e avalie criteriosamente tudo que será postado, sempre desviando de conteúdos “clickbait” e pouco originais. 

3 ideias de conteúdo para o Instagram

O Instagram é, sem dúvida, uma das maiores redes sociais no Brasil. Ele atingiu o marco de 124.300.000 usuários no Brasil, ultrapassando seu irmãozinho Facebook pela primeira vez.

Para as marcas, essa rede oferece muitas possibilidades de crescimento, apesar do seu algoritmo nos deixar de cabelo em pé. Não só por conta do seu potencial de alcance, mas também por conta da variabilidade de estratégias possíveis de serem aplicadas com sua ajuda.

Recentemente, inclusive, o Instagram nos presenteou com a inclusão dos links nos stories de todos os usuários! Não somos mais reféns dos 10 mil seguidores para divulgar nossas ações 🥰. (Isso só nos alerta mais sobre uma tendência de mercado: os nano e micro influenciadores 👀. Clique aqui para saber mais sobre Marketing de Influência).

A plataforma conta com tipos de publicação bem variados:

  • Imagem estática: uma única imagem/foto;
  • Vídeos de até 1 minuto, reproduzidos completamente no feed;
  • Vídeos com mais de 1 minuto, o IGTV;
  • Reels: vídeos de até 60 segundos e atualmente o queridinho do Instagram (que tenta incessantemente derrubar o TikTok);
  • Carrossel: até 10 imagens e/ou vídeos em um único post;
  • Stories: fotos/vídeos temporários (até 24h);
  • Destaques: stories fixados no perfil da plataforma.

Só pelas várias opções de publicação já dá para ferver o cérebro de tantas ideias de conteúdo. Separamos aqui 3 opções que envolvem os maiores potenciais de alcance da rede.

1. Datas comemorativas

Essa é uma das ideias de conteúdo mais simples que existem! Entretanto, muita empresa perde a oportunidade de aproveitar o buzz das datas comemorativas, principalmente porque:

  • Não se planejou: o famoso “ah, hoje era dia do programador né?”; ou
  • Postou somente uma imagem simples com o clichê “Feliz dia do…”

O ideal é que, antecipadamente, você separe as datas comemorativas que possam ter relação com a sua marca e se planeje sobre como aproveitar este tema para produzir um conteúdo relevante.

No último dia da mentira, por exemplo, o nosso instagram, em parceria com o @tecnospeedti, postou um conteúdo bem legal relacionado com nosso público-alvo e, ao mesmo tempo, aproveitou essa data para gerar engajamento.

Arte redes sociais - TecnoSpeed- Dia da Mentira

@acasadodesenvolvedor e @tecnospeedti

 

E ainda tem um bônus: na ocasião, optamos por utilizar o carrossel, um tipo de publicação bem em alta na plataforma  – e há boatos que tem seu alcance privilegiado pelo algoritmo 👀.

2. Memes

Quem não gosta de rolar o feed e dar umas boas risadas com os memes, né? Justamente por isso eles são tão bem-vindos no perfil da sua Software House

Além disso, são ideias de conteúdo de fácil acesso e criação. Você só precisa pensar bem se aquele meme “dá match” com os seguidores do seu Instagram e, é claro, se não vai causar muito alvoroço e prejudicar a visão que eles têm da sua marca. Esteja sempre atento ao tipo de humor que você associará à sua Software House.

@casadodesenvolvedor

 

3. Trends

As trends são potinhos de ouro ao final do arco-íris 🌈.

Elas são a chance que as marcas têm de viralizar no Instagram através do alcance orgânico, principalmente se você utilizar os elementos certos!

São mais comuns no Reels – aquele posicionamento semelhante ao TikTok, sabe?

Para participar das trends no Reels, é importante que você esteja atento: 

  • ao áudio: são os grandes responsáveis por viralizar conteúdos; e
  • às hashtags: nada de sair atirando para todo o canto, tá? Limite-se a utilizar a hashtag da trend, se houver, e aquelas relacionadas com o seu público alvo. 

Recado importante: não tente participar da trend sem fazer a trend! (O QUE?!)

Sim, isso mesmo. Muitas marcas se aproveitam de áudios e hashtags em alta e os inserem em conteúdos aleatórios só para surfar na onda alheia. Acredite: os resultados serão bem inferiores do que se você se dedicar a realizar a trend 100% :)

@grupotecnospeed

 

 

Como produzir conteúdo no TikTok sem dançar (pesquisar)

Por incrível que pareça, o TikTok não é só dancinha 🤯. Outra informação chocante: a geração Z não é a única a bater ponto na rede social: ela vem conquistando cada vez mais usuários de outras gerações.

1. Humor

@kibum.png

 

Usar o humor é sempre bem-vindo nas redes sociais! No TikTok, esse tipo de abordagem ganha destaque nas dublagens de áudio ou atuações de rotinas do dia-a-dia.

Para a sua Software House, tente eleger uma dor/problema que sua persona passe e transmita através de um vídeo curto e cômico. As pessoas gostam se se enxergar no conteúdo, o que leva a um maior engajamento na sua publicação. 

Aproveite este engajamento para mostrar como aquele problema poderia ser facilmente resolvido se ele contasse com os serviços da sua empresa!

2. Tutoriais

@sujeitoprogramador

 

Enquanto usuária assídua do TikTok eu posso afirmar que já aprendi muita coisa legal nessa rede! Aqueles famosos “hacks” que salvam muito tempo da sua vida, sabe?

Por que não levar para o contexto da sua empresa?

Eleja um problema comum que seus clientes podem ter para executar alguma função e produza um tutorial express mostrando como é fácil fazer isso com o seu software!

Vale salientar que no TikTok as trends também possuem altíssimo potencial! Principalmente se você se arriscar nas dacinhas 👀. Mas lembre-se sempre de se manter no contexto da sua empresa.

2 ideias de conteúdo no LinkedIn (sem ser gratiluz)

O LinkedIn é uma rede com bastante potencial para branding. Claro, isso não exclui a possibilidade dele também atuar como canal de prospecção. Já que a rede é repleta de profissionais, pode representar um mar aberto para as empresas B2B.

Pensando em Software Houses, separamos duas ideias voltadas para fortalecimento de marca e prospecção de talentos na rede 👇

1. Divulgação de vagas

Carreira é um dos assuntos mais comentados no LinkedIn! Basta rolar o feed por poucos minutos que você constatará que este é o tema mais badalado da rede.Faz sentido para um canal cheio de profissionais, né?

Por isso o LinkedIn de torna um ambiente muito propício para compartilhar as vagas abertas na sua Software House e facilitar a prospecção de novos profissionais para a sua empresa. 

Veja uma inspiração postada recentemente na página da TecnoSpeed (que está inclusive  sempre postando novas vagas lá 👀).

@tecnospeed-ti

 

2. Conquistas corporativas

Tanto empresas quanto profissionais estão sempre compartilhando na rede as suas conquistas. É uma estratégia para tornar pública as realizações da sua Software House e enfatizar a credibilidade da sua marca!

@tecnospeed-ti

 

O YouTube está vivíssimo

Já faz algum tempo que temos ouvido especulações de que o YouTube pode estar perdendo força. Será?

A plataforma é, nada mais nada menos, que o segundo site mais acessado no mundo, perdendo apenas para o seu chefinho, o Google. Se isto é estar na pior, né? 👀

Para sua Software House usufruir todo o potencial dessa rede, separamos 3 ideias de conteúdo para seu canal no YouTube 👇

1. Tutoriais em vídeos

Você sabia que o termo “como fazer” é um dos mais buscados no YouTube? Que tal levá-lo para algum vídeo do seu canal?

Ah, as variações desse termo também contam: como acessar, como ganhar, como inserir, como criar e por aí vai.

Se seu portfólio conta um software de organização financeira pessoal, experimente fazer o vídeo “Como organizar suas finanças para realizar a tão sonhada viagem dos sonhos”. Ou, se seu software é B2B, tente “Como organizar os recebimentos dos seus clientes no [insira o nome do seu ERP aqui]”. O céu é o limite! ⛅

 
 

Recortes de lives

Quem aí nunca passou horas vendo cortes da live do Casimiro? Eu sempre! 😂

Mas não é só na área do entretenimento que os “cortes” de live fazem sucesso. Você também pode aplicar essa estratégia no seu negócio e tem muito a ganhar com isso.

Isso porque, geralmente, lives entregam um conteúdo macro e que, muitas vezes, pode ser separado em “micro” assuntos. Com isso, você tem a oportunidade de ranquear seu “corte” para dores específicas e pode ampliar o alcance da mensagem da sua live.

 
 

Seu software na prática

É muito comum que antes de contratarmos uma solução ou software, queiramos vê-la por dentro, funcionando!

Contar com vídeos explicativos sobre o seu software e como ele é a solução ideal para sanar as dores dos seus clientes pode fazer a diferença na negociação com o cliente.

 
 

Conclusão

Viu como não é tão difícil ter ideias de conteúdo para as redes sociais da sua Software House?

O mais importante é que você busque inspiração (e não cópia!) para criar seus próprios conteúdos e aproveitar ao máximo o que cada canal pode oferecer para a sua marca.

O melhor de tudo é que as próprias redes sociais contam com canais oficiais para os criadores se inspirarem: Instagram for Creators, TikTok for Creators, LinkedIn for CreatorsYouTube for Creators. Todas as redes sociais possuem este canal exclusivo para criadores! Então se a sua vibe é o Twitter, Snapchat e afins, é só buscar que você encontrará.

Outro modo de buscar inspiração é estar inserido na mesma comunidade que os seus clientes. Assim, você pode observá-los e retirar muito insight bacana para produzir seus conteúdos. Uma ótima comunidade para você participar é o fórum da Casa do Desenvolvedor! 💜

Lá você encontra diversas tribos para interagir e, inclusive, pode tirar suas dúvidas sobre os temas aqui do blog com os membros da comunidade. Participe! É de graça e tem muita coisa legal te esperando por lá 😉

Caroline Ferroni
Caroline Ferroni
Formada em Administração pela UEL. Pós-graduanda do MBA de Marketing na USP/Esalq. Atuando na área de marketing desde 2016 e atualmente Growth Specialist no Grupo TecnoSpeed.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.