DevOps: saiba tudo sobre essa carreira promissora dentro de TI

DevOps: saiba tudo sobre essa carreira promissora dentro de TI

Homem olhando para um computador com códigos na tela.

Entenda o conceito, importância, cultura e benefícios do DevOps, e as habilidades essenciais e perspectivas de profissionais especializados na área.

Tempo de Leitura: 7 minutos

Que tal iniciar uma carreira que está no coração da transformação digital e que promete não apenas um excelente salário, mas também a oportunidade de fazer parte de uma cultura inovadora que valoriza a colaboração, a eficiência e o crescimento contínuo? Considere se especializar e buscar uma oportunidade em DevOps.

Neste artigo, vamos explorar o conceito e origem dessa filosofia, os princípios e benefícios da cultura DevOps, além de dicas para começar a investir e crescer na área. Vem com a gente!

Conheça nosso manifesto

Introdução ao DevOps

O termo DevOps é uma junção das palavras "desenvolvimento" (development) e "operações" (operations), refletindo a colaboração entre esses dois departamentos essenciais no ciclo de vida do software. 

O movimento DevOps surgiu no final dos anos 2000 como uma resposta às barreiras tradicionais que separavam os desenvolvedores de software das operações de TI. Essa separação muitas vezes resultava em ciclos de desenvolvimento longos, problemas de integração e implantações problemáticas.

A filosofia DevOps começou a se formar visando solucionar essas questões e ganhou força com a popularização das metodologias ágeis, que adotavam e defendiam a implementação de ciclos de desenvolvimento mais curtos e feedbacks constantes. 

Eventos como a conferência "Velocity" em 2009 e o DevOpsDays, iniciado em 2009 na Bélgica por Patrick Debois, ajudaram a solidificar e disseminar os princípios de DevOps. Desde então, o movimento tem crescido e evoluído, com práticas e ferramentas específicas se tornando cada vez mais refinadas e amplamente adotadas.

Na indústria de tecnologia atual, o DevOps é fundamental para empresas que buscam agilidade e eficiência para acompanhar a rápida evolução do mercado. Com essa cultura, as organizações se tornam capazes de responder rapidamente às mudanças, lançar novas funcionalidades com segurança e qualidade, e cultivar uma melhor gestão de infraestrutura.

Empresas líderes no mercado, como Netflix, Amazon e Google, são exemplos claros do sucesso do DevOps. Afinal, utilizam essa abordagem para implantar centenas ou até milhares de atualizações de software diariamente, mantendo altos níveis de disponibilidade, inovação e desempenho.

Em resumo, DevOps é uma ideologia pautada no compartilhamento e colaboração entre equipes e departamentos que, tradicionalmente, exerciam sua função e realizam suas entregas separadamente. O resultado dessa integração é mais velocidade, escalabilidade, eficiência e valor competitivo. Portanto, se especializar nessa metodologia também pode garantir excelentes oportunidades para profissionais de TI.

O que faz um profissional de DevOps?

Um profissional de DevOps é responsável por uma ampla gama de atividades que visam melhorar a colaboração entre as equipes de desenvolvimento e operações, além de automatizar e otimizar os processos de entrega de software. Suas principais funções incluem:

  • Automatização de processos: Criação e manutenção de pipelines de CI/CD (Continuous Integration/Continuous Deployment) que automatizam o processo de desenvolvimento, testes e deploys de software.
  • Gerenciamento de infraestrutura: Implementação e manutenção de infraestrutura como código (IaC) usando ferramentas como Terraform, Ansible ou CloudFormation, para provisionar e gerenciar recursos de forma automatizada.
  • Monitoramento e troubleshooting: Configuração de sistemas de monitoramento, análise de métricas e logs para identificar e resolver problemas de desempenho ou disponibilidade.
  • Segurança: Revisão e integração de práticas de segurança no ciclo de desenvolvimento, incluindo testes de segurança automatizados e gestão de vulnerabilidades.
  • Orquestração de contêineres: Implementação e manutenção de ambientes de contêinerização usando Docker e orquestração com Kubernetes para garantir a escalabilidade e resiliência das aplicações.

Habilidades e ferramentas essenciais

Para ter sucesso como profissional de DevOps, é importante dominar uma variedade de habilidades e ferramentas, incluindo:

  • Linguagens de programação: Vale a pena buscar conhecimento em linguagens como Python, Ruby, Go e Shell scripting.
  • Infraestrutura de TI: Conhecimento sólido em sistemas operacionais, redes, servidores e armazenamento, e como essas partes interagem. 
  • Cloud Computing: Construir uma familiaridade com provedores de nuvem como AWS, Azure e Google Cloud é essencial para uma carreira em DevOps.
  • Ferramentas de CI/CD: Dominar recursos como Jenkins, GitLab CI e CircleCI vai ajudar a aderir a abordagem de integração contínua/entrega ou implantação contínua tão presente em DevOps.
  • Versionamento de código: Habilidade com sistemas de controle de versão como Git, para gerenciamento de código fonte e colaboração em equipe.
  • Gerenciamento de configuração: Uso de ferramentas como Puppet, Chef e Ansible para gerenciar e automatizar a configuração de sistemas e aplicações.
  • Monitoramento e logging: Conhecimento em ferramentas como Prometheus, Grafana, ELK Stack, para monitoramento e análise de logs.
  • Colaboração e comunicação: Para assegurar que as equipes de desenvolvimento, operações e outras partes interessadas estejam alinhadas e trabalhando em conjunto.

Ou seja: ser um bom DevOps envolve um equilíbrio entre habilidades técnicas avançadas e a capacidade de colaborar efetivamente com diferentes equipes. Com uma rotina focada na automação, monitoramento e melhoria contínua, esses profissionais precisam ser flexíveis, estratégicos, assertivos, compreender amplamente o segmento e negócio em que atuam, e se manter atualizados sobre as novas tecnologias.

A cultura DevOps

A cultura DevOps é centrada em uma filosofia de colaboração contínua, feedback rápido e automação de processos repetitivos. Isso cria um ambiente onde:

  • A eficiência é maximizada: Através da automação e integração contínua, os ciclos de desenvolvimento são acelerados, permitindo entregas mais rápidas.
  • Os erros são reduzidos: A automação de testes e deploys minimiza a chance de erros humanos e aumenta a qualidade do software.
  • O aprendizado contínuo é incentivado: Um ambiente colaborativo onde os feedbacks são rápidos promove uma cultura de melhoria contínua e inovação.

Empresas que adotam a cultura DevOps frequentemente observam uma melhora significativa na produtividade e satisfação dos funcionários, bem como uma maior capacidade de resposta às necessidades do mercado.

Essa melhora também pode ser observada a partir de critérios e benefícios específicos, os quais se aplicam para empresas, colaboradores e para o processo de desenvolvimento:

Benefícios para as empresas

  • Redução do time-to-market: A automação e integração contínua permitem lançamentos mais rápidos e frequentes, reduzindo o tempo necessário para levar novos produtos e funcionalidades ao mercado.
  • Maior qualidade de software: Testes automatizados e pipelines de CI/CD asseguram que cada mudança de código seja rigorosamente testada, resultando em software mais estável e de alta qualidade.
  • Escalabilidade e flexibilidade: Ferramentas de automação e infraestrutura como código permitem que as empresas escalem suas operações rapidamente para atender à demanda.
  • Menor custo operacional: A automação reduz a necessidade de intervenção manual, diminuindo os custos operacionais e liberando os profissionais para se concentrarem em tarefas mais estratégicas.
  • Inovação contínua: A capacidade de lançar novas funcionalidades rapidamente permite que as empresas inovem continuamente, mantendo-se competitivas no mercado.
  • Eficiência operacional: A automação de tarefas repetitivas e o uso de infraestrutura como código aumentam a eficiência operacional, reduzindo custos e liberando recursos para iniciativas estratégicas.

Benefícios para os profissionais

  • Aprendizado e crescimento contínuo: A cultura DevOps promove um ambiente de aprendizado constante, incentivando os profissionais a adquirirem novas habilidades e conhecimentos técnicos e interpessoais.
  • Ambiente de trabalho positivo: A ênfase na colaboração e comunicação aberta cria um ambiente de trabalho mais agradável e produtivo.
  • Participação em projetos inovadores: Trabalhar em uma cultura DevOps permite que os profissionais estejam na vanguarda da tecnologia, participando de projetos inovadores e impactantes.
  • Reconhecimento e recompensa: A responsabilidade compartilhada e o sucesso conjunto significam que as conquistas são reconhecidas e recompensadas coletivamente.

Benefícios para o desenvolvimento

  • Velocidade: Softwares produzidos sob a filosofia DevOps costumam ser elaborados de forma muito mais objetiva e ágil.
  • Competitividade: A agilidade e objetividade incrementada por um DevOps é justamente a resposta para a necessidade crescente do mercado de tecnologia, ou seja, o menor prazo de entrega é um valor muito relevante.
  • Segurança: Outro princípio muito abordado por equipes de desenvolvimento com DevOps é a segurança da informação, validada continuamente durante a execução do projeto.
  • Agilidade na recuperação: Quando um problema no código é identificado, o tempo médio de recuperação costuma ser menor, quando utilizamos este conceito, graças aos deploys frequentes e testes automatizados.
  • Escalabilidade: A partir da automação de parte do processo, o gerenciamento da equipe se torna mais fácil e as entregas do projeto mais escaláveis.
  • Integração: Com a filosofia DevOps, é possível integrar dois perfis necessários para a criação de softwares mais assertivos às necessidades dos clientes, com a visão do desenvolvimento e do operacional simultaneamente.
  • Personalização: Nenhum negócio é igual, por isso, personalizar um software é o grande diferencial competitivo que uma software house deve ofertar, e um DevOps facilita bastante este trabalho

Carreira em DevOps: por onde começar?

Para iniciar uma carreira em DevOps, é fundamental obter uma base sólida em ciência da computação ou áreas relacionadas, assim como desenvolver habilidades específicas em programação, sistemas operacionais e redes — como já citamos.

1. Buscar certificações

Ainda que você possa trilhar seu próprio caminho para se desenvolver e atuar como DevOps no melhor estilo autodidata, certificações podem ajudar a validar suas habilidades e aumentar suas chances no mercado de trabalho. Algumas das certificações mais reconhecidas da área são:

  • AWS Certified DevOps Engineer
  • Microsoft Certified: DevOps Engineer Expert
  • Certified Kubernetes Administrator (CKA)
  • Docker Certified Associate (DCA)

Além disso, cursos online em plataformas como Coursera, Udemy e edX oferecem programas focados em DevOps que são ótimos primeiros passos para esse objetivo. Programas de curta duração, como bootcamps focados em DevOps, também podem ser valiosos para dominar habilidades práticas e específicas em um curto período de tempo.

2. Ganhar experiência prática

Explorar laboratórios online e simuladores, como o Katacoda, e contribuir para projetos open source são ótimas formas de praticar e melhorar suas habilidades técnicas em cenários interativos, bem como proporcionar visibilidade para o seu trabalho no mercado.

Outra opção é criar seus próprios projetos de DevOps, configurando pipelines de CI/CD para um projeto pessoal, desenvolvendo clusters Kubernetes ou implementando monitoramento com Prometheus.

3. Construir networking

Participe de conferências, meetups e webinars sobre DevOps para se conectar com profissionais da área e aprender sobre as últimas tendências e práticas. Envolva-se em comunidades online como Stack Overflow, Reddit, e fóruns especializados. O Fórum da Casa do Desenvolvedor é um excelente ponto de partida para isso, viu?

4. Desenvolver um portfólio

Um portfólio pode fazer a diferença em qualquer carreira. Então, mantenha um perfil no GitHub onde você possa exibir seus projetos, scripts e contribuições para projetos open source. E considere escrever um blog técnico para compartilhar suas experiências, aprendizados e tutoriais sobre DevOps. Isso pode aumentar sua visibilidade e demonstrar seu conhecimento!

5. Aplicar para estágios e experiência de trabalho

Busque estágios ou programas de treinamento específicos em DevOps. Muitas empresas oferecem esses programas para ajudar novos profissionais a adquirir experiência prática. Se tiver a oportunidade, candidate-se a posições de nível júnior em DevOps ou funções relacionadas, como administrador de sistemas ou engenheiro de suporte, que podem servir como um ponto de entrada para uma carreira em DevOps.

Assim como em qualquer carreira, iniciar na área de DevOps requer dedicação, aprendizado contínuo e um compromisso com a prática. Ao seguir as dicas acima, é questão de tempo até você estar bem posicionado para entrar no campo de DevOps e aproveitar as numerosas oportunidades que ele oferece!

Perspectivas de carreira e salário em DevOps

Os salários para profissionais de DevOps podem variar bastante dependendo da localização e do nível de experiência. Nos Estados Unidos, por exemplo, um engenheiro de DevOps pode esperar um salário anual médio entre $90,000 e $140,000. No Brasil, a média salarial pode variar de R$ 8.000 a R$ 20.000 mensais.

Em paralelo, a demanda por profissionais de DevOps continua crescendo, à medida que mais empresas adotam metodologias ágeis e buscam melhorar seus processos de desenvolvimento e operação de software. 

Isso torna esse mercado de trabalho bastante promissor, com inúmeras oportunidades de crescimento e desenvolvimento profissional. Então, se ele desperta o seu interesse, abrace essa ideia e comece agora mesmo a trilhar os primeiros passos rumo a uma carreira de muito sucesso em DevOps! 

Faça parte da comunidade da Casa do Desenvolvedor e troque experiências com outros profissionais e negócios que adotam essa abordagem:

Essa é uma excelente oportunidade para iniciar com o pé direito o seu processo de aprendizado e networking dentro dessa especialidade. Participe, confira e aproveite!

Casa do Desenvolvedor
Casa do Desenvolvedor
Somos a Casa do Desenvolvedor, uma comunidade que tem como propósito, fortalecer o desenvolvimento de software no Brasil. Faça parte você também dessa comunidade!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pular para o conteúdo