Persona e Proto Persona: O que são e quais são suas diferenças?

Persona e Proto Persona: O que são essas ferramentas de UX Design e como utilizar na sua Software House.

Persona e Proto Persona

Persona e Proto Persona: a base de uma ótima experiência do usuário. Vamos entender melhor essas ferramentas de UX para sua Software House.

Tempo de Leitura: 3 minutos

Sempre que uma Software House quer desenvolver uma solução, é imprescindível se utilizar das melhores práticas da Experiência do Usuário (UX).

Um dos primeiros passos é identificar quais são as pessoas impactadas com a solução que será desenvolvida, entender quem serão seus usuários, suas necessidades, seus comportamentos e dores. 

Assim que identificado os padrões de comportamento, criar as personas é a maneira mais eficaz de representar os dados coletados em pesquisa e gerar empatia com seu público real. 

Nesse artigo vamos falar sobre o que são personas, explicaremos quais as melhores ferramentas dependendo do conjunto de dados que sua Software House possui e a importância de utilizar as ferramentas corretamente em empresa para agregar valor e gerar empatia. 

Conheça a Casa do Desenvolvedor

Afinal, o que são Personas?

Uma persona representa um grupo de usuários que mostram padrões/modelos comportamentais semelhantes nas suas decisões de compra, uso de tecnologia, produtos ou serviços, suas preferências de atendimento, estilo de vida e entre outros.

Elas são uteis para projetar e validar um projeto, já que:

  • Ajuda a manter as decisões de arquitetura e design ligadas as necessidades dos usuários. 
  • Pode atuar como um intermediador quando o teste de usuário não é possível. 
  • Ajuda também as equipes do projeto a entender melhor para quem estão projetando, gerando a empatia. 

Para a criação de personas, o pesquisador precisa de dados reais, que podem vir, a partir, principalmente, de entrevistas com pessoas que já são usuárias ou possíveis usuários. 

De acordo com o artigo de Luke Sfair, as personas devem ser utilizadas nos seguintes momentos:

  • Quando o pesquisador tiver dados reais coletados a partir das entrevistas. 
  • Tiver tempo hábil para fazer essas pesquisas e entrevistas. 

Mas, personas são apenas um tipo de ferramenta que dá sentido aos dados coletados em uma pesquisa. Confira então outras duas principais ferramentas de modelos comportamentais utilizados no UX Design, o user profile e a proto persona. 

A Proto Persona, resumidamente, é um esboço da Persona, para sua criação, não existe a necessidade de uma pesquisa tão aprofundada como nas duas ferramentas acima, porém, ela também possui as características dos usuários, que orientam a equipe do seu projeto a tomar boas decisões, de forma empática, para um bom resultado e a melhor experiência de usuário.

Invés de utilizar dados coletados minuciosamente com as pessoas, através de pesquisas e entrevistas, a proto persona é criada com base no conhecimento de stakeholders. 

Por que utilizar uma proto persona ao invés de uma persona?

Você deve estar se perguntando, porque usar a proto-persona se a persona é feita a partir de uma pesquisa muito mais elaborada, com muito mais dados e entrevistas diretas com o usuário, certo? 

Vamos mostrar agora, porque às vezes, é mais prático utilizar proto personas na sua Software House:

Economia de Tempo:

Já que se utiliza dados mais simples, o tempo de criação de uma proto persona é bem menor, se comparando com a criação de uma persona, tendo em vista que é necessário a entrevista com usuários e você precisa encontrar tempo na agenda desses usuários. 

Economia Financeira:

Nem sempre as empresas possuem verbas suficientes para criar as personas. Assim, em muitos desses casos, a proto persona acaba sendo uma ótima alternativa e contribui muito para um desenvolvimento de UX assertivo.

Simplificação:

Quanto mais simples forem as informações necessárias, sua coleta de dados também ficará mais fácil de ser realizada, já que não são necessários métodos avançados para conseguir os dados dos seus usuários. Mas lembre-se não é porque são mais fáceis essas informações que não são relevantes ta? Elas são dados reais dos seus usuários!

Uma certa experiência/conhecimento.

Geralmente as empresas com maior maturidade nos processos de UX Design acabam adotando essa ferramenta, mas não é uma regra. Você pode ser iniciante nos processos de UX, mas conhece um pouco mais seus usuários, já pode usufruir da proto-persona. Por exemplo, quando você já tem um produto e quer lançar uma nova funcionalidade, a proto persona pode ser uma boa escolha. 

Então para criar uma proto persona, é importante ter em mente que é necessário solucionar um ou mais problemas presentes no público-alvo onde essas proto personas estão inseridas.

Priorize a experiência do usuário

Aqui no nosso blog já falamos um pouco sobre a importância da experiência do usuário nas software houses, então para gerar valor no seu negócio e ter usuários e clientes satisfeitos, não deixe de acessar a categoria Experiência

Karina Harumi
Karina Harumi
Analista de Marketing e Inovação. Responsável pelo Fórum e pelo Blog da Casa do Desenvolvedor da TecnoSpeed, a comunidade de fortalecimento do desenvolvimento de software no Brasil e uma apaixonada pelo universo do UX/UI Design. Uma boa experiência é tudo. ♡

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.