HTTPS: O Guia Completo
 

A navegação segura na internet vem sendo uma das maiores preocupações da atualidade, e o HTTPS é um dos grandes aliados nessa empreitada.

 

Tempo de Leitura: 4 minutos

Com a popularização e evolução da informática, o acesso à internet e a outros meios de comunicação tecnológicos vem fazendo cada vez mais parte do dia a dia das pessoas. E justamente devido a este grande desenvolvimento da navegação na web, é que vários protocolos de segurança foram criados, dentre eles, o HTTPS.

Na mesma proporção que a navegação na web foi impulsionada e se tornou uma necessidade nas nossas vidas pessoais e profissionais, os perigos também foram ganhando forma e força. Hoje, os cibercriminosos agem remotamente, criando muitos problemas e dando prejuízos para as empresas e para os cidadãos.

Vírus, spams, keyloggers, screenlogger e outras ferramentas são utilizadas para roubar muito mais que valores dos usuários e das empresas, eles visam algo muito mais valioso atualmente: os seus dados!

A preocupação com a proteção dos dados pessoais e sensíveis das pessoas ganhou uma dimensão global e cada nação implantou um conjunto de regras para garantir a integridade das informações dos seus cidadãos, aqui no Brasil foi implantada a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). 

Mesmo com toda esta preocupação dos governos, as empresas de tecnologia têm um papel fundamental e são protagonistas na luta por um ambiente mais seguro na web, graças a criação do protocolo SSL e do HTTPS.

Vamos entender mais sobre estes dispositivos e como eles podem tornar a navegação na internet ainda mais segura. 

Conheça a Casa do Desenvolvedor

O que é HTTPS?

Quando navegamos pela internet e acessamos alguma página, existe uma troca de informações para que um computador receba os códigos e imprima o conteúdo e os textos no navegador. Isto é possível graças ao protocolo HTTP (Hypertext Transfer Protocol).

Contudo, este protocolo não representa uma navegação segura, pois ele não garante a não intercepção destes dados trocados entre o internauta e a página, e hackers podem “roubar” as informações contidas no site.

A resposta para este problema é o protocolo HTTPS (Hypertext Transfer Protocol Secure), que dificulta a interceptação dos dados trocados, pois a comunicação é criptografada. Ou seja, apenas as duas máquinas envolvidas na navegação vão conseguir interpretar as informações permutadas.

Desta forma, o uso do HTTPS é praticamente o primeiro recurso de segurança que uma página obrigatoriamente deve possuir para proteção dos internautas. Os usuários devem identificar com facilidade o uso do protocolo de segurança através de um cadeado ao lado da URL da página.

É essencial a presença do HTTPS em sites de bancos, lojas ou em formulários online, para garantir a integridade da navegação e a proteção dos dados do usuário.

O que significa a sigla SSL?

A tecnologia SSL (Secure Sockets Layer) vem do inglês e significa Camada de Soquete Seguro, em tradução livre. Ela foi criada pela Netscape em 1994. 

O SSL é um tipo de camada de segurança para sites, um certificado digital que garante a autenticidade de um site. Ele trabalha juntamente com o protocolo HTTPS para garantir mais segurança na web. Sendo assim, uma página com esta tecnologia gera mais credibilidade, melhorando inclusive seu desempenho em buscas. 

Como funciona o protocolo HTTPS?

O HTTPS é um protocolo derivado do HTTP, e a principal função que garante a segurança em um site que utiliza-o como dispositivo de proteção é a criptografia de seus dados.

Vamos ilustrar uma situação onde você vai acessar o site do seu banco, neste momento, o site a ser visitado vai receber dados importantes como nome de usuário e senha.

Após o usuário digitar suas informações e clicar em entrar, elas serão enviadas para o servidor da instituição financeira. Caso este site não seja protegido com o protocolo HTTPS estas informações podem ser interceptadas por terceiros, gerando um vazamento de dados muito importantes para o usuário.

Quando utilizamos o HTTPS em nossos sites, os dados como senhas e número de um cartão de crédito são criptografados antes de serem enviados até o servidor, que possui a “chave” para descriptografar e utilizar as informações enviadas.

Desta forma, ficou bem claro como o protocolo HTTPS pode tornar as transações online muito mais seguras. 

Os benefícios do HTTPS

Já explicamos o que é o HTTPS, mas se você ainda possui alguma dúvida sobre implantar ou não a solução em uma página, acompanhe a seguir 5 benefícios que esta tecnologia pode trazer: 

Maior Confiança 

Sites com o cadeado (que utilizam o HTTPS) transmitem maior cuidado com os seus clientes. O endereço com o protocolo de segurança remete a autenticidade, por isso, os usuários vão se sentir muito mais à vontade navegando neste tipo de página. 

Mais segurança

Como já mencionamos, as páginas com o protocolo HTTPS criptografam os dados permutados com o seu servidor, e dessa forma, proporcionam mais segurança para os internautas. 

Mais acessibilidade 

Páginas protegidas com o certificado SSL são apresentadas com melhor desempenho nos navegadores e elas não vão exibir aquelas mensagens de alertas contra navegação insegura. 

Melhor Rankeamento 

Sites com certificados SSL contemplam as melhores práticas do SEO Search Engine Optimization (otimização para mecanismos de busca). Portanto, os robôs de busca vão qualificá-los melhor nos resultados de buscas. 

Vantagem Comercial 

Os clientes vão se sentir muito mais confiantes ao utilizar plataformas web protegidas com o protocolo HTTPS. E de igual modo, vão preferir adquirir produtos e serviços das empresas que utilizam esta proteção.

Passos para configurar o HTTPS em páginas existentes

O processo para implantação do protocolo de segurança em sites já existentes é mais simples do que se imagina, e se divide em três pontos: 

Passo 1 

A melhor opção é o redirecionamento 301, nele, todo o conteúdo do seu site é migrado de uma extensão HTTP para HTTPS.

Passo 2

Este tipo de migração deve ser feita com a aquisição de um certificado SSL, que pode ser pago. Mas, alguns provedores o oferecem de forma gratuita.

Passo 3

Este serviço é geralmente realizado pela própria hospedagem, por meio de chamado técnico. Mas atenção, nunca apague seu site e seu conteúdo, pois desta forma, sua página perderá toda a relevância nos mecanismos de busca.

Gostou do conteúdo? Tire suas dúvidas no fórum, lá tem um monte de conteúdo, criado por especialistas para você. Acesse:

Cada vez mais, os recursos web fazem parte das vidas das empresas e das pessoas. Sendo assim, garantir a segurança das transações na internet requer cada vez mais cuidado, para que este ambiente se desenvolva ainda mais.

O protocolo HTTPS é uma das principais ferramentas para este fim.

Casa do Desenvolvedor
Casa do Desenvolvedor
Somos a Casa do Desenvolvedor, uma comunidade que tem como propósito, fortalecer o desenvolvimento de software no Brasil. Faça parte você também dessa comunidade!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pular para o conteúdo