Acessibilidade Digital: o que é, por que e como colocá-la em prática

Acessibilidade Digital: por que você deveria tornar seus produtos digitais cada vez mais acessíveis?

Acessibilidade Digital: o que é, por que e como colocá-la em prática

Falar em acessibilidade digital é essencial nos dias atuais. Seu negócio está preparado para isso? Veja aqui como tornar seus produtos mais acessíveis!

Tempo de Leitura: 4 minutos

Muito se fala hoje em dia sobre diversidade e representatividade, mas existe outro ponto que faz parte dessa discussão e é, na verdade, anterior a essas duas demandas, que é a acessibilidade. Você sabe o que é e já pensou sobre acessibilidade digital?

Sem acesso é muito difícil criarmos condições diversas e representativas, e é claro que este tema abrange diversos recortes, mas no mundo globalizado e digitalizado em que vivemos, falar de acessibilidade fora do contexto digital é bastante difícil.

Se o seu negócio está ligado à tecnologia ou tem uma presença digital, está mais do que na hora de discutir e tornar seu site, blog, vídeos e demais materiais e conteúdos acessíveis. E neste post nós falamos mais sobre o porquê isso importa e como fazer isso. Continue lendo e confira!

Conheça a Casa do Desenvolvedor

O que é acessibilidade digital?

Acessibilidade tem a ver com oportunidade, com eliminar obstáculos e dificuldades que podem existir em alguma situação ou na execução de alguma tarefa. 

Acessibilidade digital, portanto, consiste em tornar o ambiente online e digital mais fácil e amigável para todas as pessoas, incluindo aquelas com deficiências ou outras limitações.

Tudo isso contempla o acesso a sites, aplicativos, conteúdos dos mais diversos formatos e também outros tipos de softwares e produtos digitais. 

Você já parou para pensar como uma pessoa cega é capaz de consumir e interagir com os posts do seu blog ou rede social? Ou como uma pessoa surda pode compreender seus vídeos de divulgação ou do seu canal do YouTube? 

Bom, esses questionamentos são só a ponta mais distante deste iceberg e, sem dúvidas, ainda há um longo caminho a ser percorrido nesse sentido, mas a busca pela acessibilidade digital parte desse tipo de pergunta e solução.

Acessibilidade digital com a usabilidade

A acessibilidade digital anda lado a lado com a usabilidade e o esforço de manter a experiência do usuário a mais positiva e otimizada possível, garantindo que ninguém se sinta excluído da experiência da sua interface.

Então, nesse sentido é possível e necessário pensar seus textos para além dos leitores padrão; adaptar seus conteúdos audiovisuais para que mesmo pessoas que não possam acessar algum tipo de recurso dessa mídia a compreendam; adicionar descrições e legendas aos meios visuais… e por aí vai!

Por que investir em acessibilidade digital?

Você consegue imaginar a sua vida hoje em dia sem a internet? Nós nos comunicamos, compramos, nos informamos e entretemos, e até trabalhamos através da web, então nem é preciso argumentar para entender como a acessibilidade digital é importante e essencial.

Se formos pegar as estatísticas brasileiras, nosso país é um dos mais conectados do mundo, com cerca de 85% da população navegando todos os dias. Porém, 60% desses usuários precisam de algum recurso de acessibilidade digital para isso, sabia?

Pessoas com deficiência, que representam em média 24% da população brasileira e 45 milhões de pessoas, segundo o IBGE, assim como analfabetos, idosos e pessoas com limitações temporárias fazem parte desses 60% e você deve considerá-los ao elaborar seus produtos e conteúdos digitais, tanto por serem um público rico e amplo quanto por merecerem tal reconhecimento.

Por outro lado, conforme a W3C (World Wide Web Consortium), somente 2% dos sites brasileiros são acessíveis. E aí nos deparamos com o questionamento: para que serve a tecnologia se não para facilitar a vida das pessoas e reduzir as diferenças e distâncias entre as pessoas? O digital e a acessibilidade são ferramentas viabilizadoras e poderosas!

Nós te garantimos: criar soluções digitais acessíveis não é um bicho de sete cabeças e é realmente uma demanda essencial dos últimos tempos, basta abrir os olhos para essa problemática e adotar pequenos esforços para mudá-la.

Mas afinal, acessibilidade digital é lei?

Apesar de ainda ser algo distante para boa parte dos negócios e pessoas, a acessibilidade digital é, sim, amparada pela lei em diferentes escritos.

O Decreto Federal n° 5.296/2004 prevê que a acessibilidade é uma “condição para utilização, com segurança e autonomia, total ou assistida, dos espaços, mobiliários e equipamentos urbanos, das edificações, dos serviços de transporte e dos dispositivos, sistemas e meios de comunicação e informação, por pessoa portadora de deficiência ou com mobilidade reduzida”, abrangendo, portanto o meio digital. 

A Lei nº 12.527/2011 reitera a demanda de garantir a acessibilidade dos conteúdos para pessoas com deficiência, conforme consta nas Leis 10.098/2000, 13.146/2015 (Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência), e no Decreto Legislativo nº 186/2008, a fim de oferecer autonomia, ajuda técnica e igualdade a este grupo.

Além disso, de acordo com a Lei nº 8.213/91 (Lei de Cotas), toda empresa com 100 funcionários ou mais é obrigada a ter de 2 a 5% dos seus cargos preenchidos por pessoas com deficiência. 

Portanto, a acessibilidade vai além do digital em termos de consumo, mas de fornecer oportunidades e recursos relacionados à empregabilidade de pessoas com deficiência.

Um ambiente de Inclusão Digital

A inclusão digital não pode ser deixada de lado e, seja você empregador ou parte desse grupo minoritário, é importante trabalharmos juntos para promover uma mudança e a construção de ambientes e produtos digitais cada vez mais acessíveis a todos.

Não apostar na acessibilidade digital é, com certeza, desperdiçar uma oportunidade de crescimento, mas mais que isso, tem a ver com propósito, empatia e humanidade. É no encontro e na pluralidade que as coisas mais incríveis são criadas, então é preciso investir no incluir sem limites!

É claro que tudo isso é válido para todos os nichos e segmentos, mas na tecnologia é ainda mais forte essa demanda de pensar e criar acessibilidade, nos mais diversos tipos de interação e interfaces. 

Se quiser continuar pensando sobre isso, temos um convite para você: fique por dentro das novidades de tecnologia em nosso blog!

E para tornar a acessibilidade ainda mais presente no seu negócio, não deixe de praticar a empatia, mesmo sem viver o que outros vivem; esteja sempre em busca de novas soluções nesse sentido; e nunca pense que este tipo de esforço não vale a pena!

Karina Harumi
Karina Harumi
Analista de Marketing e Inovação. Responsável pelo Fórum e pelo Blog da Casa do Desenvolvedor da TecnoSpeed, a comunidade de fortalecimento do desenvolvimento de software no Brasil e uma apaixonada pelo universo do UX/UI Design. Uma boa experiência é tudo. ♡

1 Comment

  1. […] falta de acessibilidade na web, também chamada acessibilidade digital, pode ser um grande problema, já que pessoas com […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.